COMPLICAÇÕES DA DOENÇA RENAL CRÔNICA (DRC)

COMPLICAÇÕES DA DOENÇA RENAL CRÔNICA (DRC)

A maioria das pessoas com DRC não apresenta sintomas até que a função renal esteja gravemente comprometida, causando um atraso no diagnóstico.

O problema é frequentemente descoberto quando exames de sangue ou urina feitos por outras razões,  estão alterados.

O exame de sangue mais comumente usado para verificar o nível da função renal é a creatinina. Quanto maior a creatinina, pior a função renal.

Já o  exame de urina mais utilizados é o Parcial de urina, ele frequentemente mostra proteína ( albumina)  na urina.

Às vezes, as pessoas com DRC desenvolvem inchaço, mais comumente em torno dos pés e tornozelos, antes que apareçam outros sintomas.
Mesmo quando a insuficiência renal está avançada, a maioria das pessoas ainda produz uma quantidade normal ou quase normal de urina; o que confunde e atrasa o diagnóstico. Neste caso, a urina está sendo formada, mas não retira  quantidades suficientes de resíduos do corpo.

Com a doença renal avançada, você pode desenvolver edema (inchaço dos pés, tornozelos ou pernas), perda de apetite, sonolência, náuseas, vômitos, dificuldade de concentração e até, confusão mental.  Os pacientes geralmente desenvolvem pressão alta, alterações na composição química do sangue , como alta concentração de potássio, anemia e doença óssea.

Uremia – Pessoas com insuficiência renal avançada podem desenvolver um grupo de sintomas chamado de uremia. Os sintomas da uremia incluem perda de apetite, náusea, vômito, acúmulo de líquido ao redor do coração, problemas nervosos e alterações no estado mental, incluindo sonolência, convulsões e até coma.

Fonte: Up to date 2019

 

1 responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *