GRAVIDEZ E DOENÇA RENAL

O risco de a gravidez piorar a função renal ou de a doença renal interferir na gravidez depende de vários fatores.

Uma mulher com DRC leve a moderada que está pensando em engravidar deve discutir os possíveis riscos com seu nefrologista e obstetra antes de tentar engravidar.
As mulheres com doença renal terminal que engravidam têm maior risco de aborto espontâneo, parto prematuro, hipertensão grave e pré-eclâmpsia.

Uma mulher que passa por um transplante renal de sucesso tem um risco menor dessas complicações.

O ideal é a mulher adiar a gravidez durante a hemodiálise, se houver possibilidade de transplante renal em um futuro próximo. A hemodiálise pode ser necessária seis a sete vezes por semana durante a gravidez.

 

Fonte: Up to date 2019

2 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *